A Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice Almeida” (Fundac) recebeu, na manhã desta quinta-feira (18), a ouvidora geral do Estado, Tania Brito. Na ocasião, foi tratada a implantação da Ouvidoria na Fundação e dos respectivos correspondentes setoriais das unidades socioeducativas no Estado.

A ouvidora Tania Brito fez uma explanação de como funciona uma Ouvidoria, qual a metodologia do trabalho e a sua política de difusão interna. Desta reunião, que contou com a presença da vice-presidenta Debora Estrela; da chefe de Gabinete, Claudia Fernandes; da jornalista Marcela Gabinio e do representante do Planejamento, Rosil Neto, ficou pactuado que na próxima semana, no dia 23, às 14h, na sede da Fundac, haverá um primeiro encontro com as diretorias Administrativa, Financeira e Técnica da instituição para apresentação do seu funcionamento; e no próximo dia 12 de junho a reunião será com todos os diretores e vices das unidades de internação.

Após escolha de quem responderá pela Ouvidoria na Fundação e dos correspondestes setoriais das unidades, a Ouvidoria Geral vai promover cursos de qualificação para os ouvidores e capacitação para utilização do software, canal que será utilizado para o recebimento das denúncias, informações, reclamação, sugestão e elogios.

A Ouvidoria Geral do Estado é uma ferramenta de fortalecimento da democracia participativa. Sua função é receber demandas de denúncias, reclamações, sugestões, elogios e informações que serão encaminhadas aos órgãos do Governo e assim promover, por meio da percepção dos usuários e servidores, o aprimoramento e qualidade dos serviços públicos prestados.

A OGE coordena a rede de ouvidorias do estado, sistematiza e dá unidade aos procedimentos da mesma, assim como assegura um canal de manifestação e representação dos interesses da população e dos servidores públicos junto à administração estadual. Funciona de forma proativa nas diversas ações e serviços públicos em que se possa fazer presente por meio da Ouvidoria Itinerante, disseminando maior visibilidade e acesso a este importante instrumento de participação popular. A reunião também contou com a participação de Marcos Aurélio, responsável pela implantação do SoftWare da OGE.